terça-feira, 1 de novembro de 2011

COZINHA DE OUTONO - 1

JARDINEIRA DE SEITAN COM QUINOA, ALGA ARAMÉ SALTEADA E SALADA

Receita inspirada na publicada no sítio Internet do Instituto Macrobiótico Português



Ingredientes
250 gr. de seitan em cubos
uma mão cheia de feijão verde cortado em tiras com 4/5 cm
1 cenoura cortada em quadrados
1 cebola cortada em quadrados
sal
shoyu
2 folhas de louro
azeite
pitada de mirin
2 ou 3 dentes de alho picados

Preparação
Saltear o seitan no azeite com os alhos e um pouco de sal. Juntar a cebola, deixar estufar ligeiramente, e depois a cenoura e o feijão verde. Borrifar com água, tapar e deixar estufar 20 ou 30 minutos, temperando então com um pouco de shoyu e rectificando os demais temperos.
Nota: da próxima vez, farei uma marinada prévia com shoyu, louro e alho, durante uns 20/30 minutos.

A quinoa preparou-se cozendo uma medida de quinoa com três de água com sal e um pouco de alho picado, até absorver completamente a água (não esquecer que a quinoa se lava em água abundante e se esfrega muito bem).

A alga aramé salteada com cebola prepara-se levando a cebola em meias luas ao lume com azeite e uma pitada de sal (muito pouco, pois as algas e shoyu já têm sal q.b.) e, quando a cebola estiver translúcida, junta-se a alga demolhada cerca de 10 minutos, mexendo, tapando o tacho e deixando estufar cerca de 10/15 minutos, a que se acrescentam umas gotas de shoyu no final.

A salada é a alface de sempre e a cenoura ralada.

As sobras da jardineira foram aproveitadas numa outra refeição para fazer um risotto de seitan, que se preparou da seguinte forma: levou-se uma chávena de arroz integral já cozido ao lume com um fundo de água, acrescentou-se a jardineira, envolveu-se bem e temperou-se no fim com pitada de vinagre de arroz.


ADAPTAÇÕES
Este prato poderá ser cozinhado com uma leguminosa previamente cozida ou, quem não tiver restrições quanto ao consumo de carne, com uma qualquer carne à escolha, de preferência de origem biológica.

Sem comentários:

Enviar um comentário