quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Sopa de miso com abóbora e couve flor

Numa panela colocar uma cebola cortada em gomos, umas gotas de azeite e duas colheres de sopa de água.
Ao lume, deixar amolecer a cebola.
Juntar ao preparado anterior couve flor picada grosseiramente, quadrados de abóbora, umas gotas de molho de soja (shoyo)  e cobrir com a água necessária para que tudo coza tranquilamente.
Juntar um pouco de sal. Não deverá ser muito pois o principal tempero desta sopa é o miso, que é salgado.
Quando os legumes estiverem cozidos juntar a água necessária de acordo com a consistência desejada e deixar ferver.
Numa chávena à parte dissolver, num pouco do caldo da sopa, o equivalente a cerca de uma colher de chá de miso de cevada (ou outro) por cada porção de sopa. 
Juntar o miso à sopa e deixar cozinhar um a dois minutos em lume muito brando, sem deixar ferver violentamente. 
A sopa, por ter miso, não deve ser reaquecida. Caso se preveja que esta não se consome toda numa refeição, deverá guardar-se se possível sem o miso, devendo este ser adicionado em cada refeição seguinte, de acordo com o procedimento atrás descrito.
Este caldo, ainda que tenha um sabor bastante diferente daqueles a que na cozinha tradicional portuguesa estamos habituados, é bastante saboroso. E há quem diga que bom seria que se tomasse um por dia. 
E porque não logo ao pequeno almoço?

Sem comentários:

Enviar um comentário