segunda-feira, 4 de julho de 2011

GASPACHO




Mais uma receita do Curso anual de culinária macrobiótica do IMP, esta da aula prática no último dia do curso.
É uma receita versátil que dá para todas as estações do ano; como os dias quentes espreitam, será de experimentar fria, para arrefecer com muito sabor (e cor!).

Ingredientes
½ kg de cenouras, ½ kg abóbora, 2 cebolas, 4 beterrabas, 1 tira de alga kombu, 2 dentes de alho e 1 folha de louro, 1 courgette e coentros, sal, azeite e vinagre de ameixa, q.b

Preparação
Pique as cebolas e os dentes de alho e salteie num fio de azeite. Junte as cenouras, a abóbora e a beterraba cortada em pedaços pequenos, a tira de alga kombu e cubra com água. Deixe ferver e cozinhe e m lume brando cerca de 30 minutos.
Retire a alga kombu e tempere com sal e um pouco de vinagre de ameixa. Triture até obter um puré não muito espesso. Rectifique os temperos - o vinagre de ameixa dá o travo ácido conferido pelo tomate no gaspacho tradicional.
À parte, descasque a courgette e corte em cubos pequenos. Salpique com sal, prense ligeiramente e aguarde uns minutos. Retire o excesso de sal. Sirva a sopa com pedacinhos de courgette e de pão frito ou torrado. Guarneça com coentros ou cebolinho picado.

Nota: a receita original leva pepino e não courgette, como não tinha, utilizei a courgette e gostei, até porque o pepino pode ser um poucoindigesto; no caso da sopa da fotografia, em vez do pão torrado juntei quadrados muito pequenos de cenoura – dá um toque crocante muito agradável e enfeitei com manjericão.

3 comentários:

  1. Gaspacho sem tomate? Hum! Vou experimentar...

    ResponderEliminar
  2. Experimenta sim, Fátima! É muito boa! :)

    ResponderEliminar
  3. Esta semana experimentei a fazer, com o pepino. Ainda não tinha feito - só comido! eheh Ficou muito boa!

    ResponderEliminar