sábado, 27 de agosto de 2011

Bicarbonato de sódio na alimentação

Alguém me sabe dizer qual o efeito, no que toca à saúde, do bicarbonato de sódio na alimentação? Sei que é usado na confecção dos legumes verdes, para manter a sua cor verde e facilitar a cozedura, entre outras aplicações.

5 comentários:

  1. Matilde,
    O bicarbonato tem as utilizações que referes, lembro-me de as couves e grelos do Natal serem cozidos com uma colher de café de bicarbonato para não escurecerem (o bicarbonato tem propriedades aclaradoras - usa-se p. ex. para branquear os dentes) e talvez (mas não tenho a certeza) para acelerar o processo de cozedura. Outro uso é como fermento (em inglês bicarbonato de sódio é baking soda) e tenho algumas receitas de pão e bolos que levam bicarbonato em vez de fermento.

    ResponderEliminar
  2. Ah não fazia ideia que em algumas situações podia ser usado em vez do fermento...! Interessante.

    E tens ideia se traz algum inconveniente para a saúde? Tem-se muitas vezes o preconceito (errado, claro está) que, tudo o que tem nome de produto químico, faz mal à saúde... (pobre do cloreto de sódio que tão bom trabalho faz nas nossas cozinhas! - um bem haja para ele!)

    Obrigada pela tua resposta! Lembrei-me de deixar aqui a pergunta no blogue, pois talvez o tema interesse a mais alguém que, distraído, passe por aqui. ;)

    ResponderEliminar
  3. O bicarbonato de sódio é um sal que quimica é conhecido como "hidrogenocarbonato de sódio"; é na realidade um conjunto de átomos de sódio, hidrogénio, carbono e oxigénio.

    O bicarbonato de sódio é uma das formas em que o gás CO2 (dióxido de carbono) está quando se encontra em solução aquosa (ou seja, em água); assim, tudo o que tenha gás, tem bicarbonato de sódio ;), incluindo o nosso organismo: o próprio CO2 resultante do nosso metabolismo é em parte transportado dissolvido no sangue sob a forma de bicarbonato de sódio ;).

    É usado, de facto, para aclarar os dentes, uma vez q as suas finas partículas actuam como polidoras do esmalte dentário, por um lado, e porque é alcalino, por outro. Acaba por actuar por abrasão. Neutraliza ainda a acidez da boca e actua como antisséptico.
    Também é utilizado, pela mesma razão, como exfoliante, agente higienizante, e ainda como desodorizante (porque numa das suas formas absorve odores e humidade).

    É usado para fazer as vezes do fermento, como também já foi referido, pois quando está em contacto com um ácido, reage libertando o gás dióxido de carbono que o compõe, e é a libertação desse gás q leva ao crescimento das massas (o fermento tem o mesmo principio, de libertação de CO2 ;) ).É daqui que vem o volume e o sabor das massas ;). É, portanto, um conhecido fermento químico.

    ResponderEliminar
  4. No que toca à saúde propriamente dita, o bicarbonato de sódio é utilizado como adjuvante na digestão, especialmente qd se come demais, razão pela qual muitos bebem a famosa água das pedras ;) O bicarbonato de sódio é, pois, um antiácido: ao reagir com o chamado suco gástrico do estômago, que é ácido clorídrico, diminui a acidez deste (diminuindo, assim, a azia e o enfartamento), libertando CO2 (dióxido de carbono) e água (daí que uma pessoa tenda a arrotar bastante depois de tomar anti-ácidos ou água das pedras, eheheh).

    Corre na internet um mail que aponta o bicarbonato de sódio como um possivel anti-cancerigeno. Ora, isto não é verdade. É mais um daqueles mails falsos que correm a net... começou provavelmente com um estudo que ainda não está sequer confirmado, cujos contornos não são os que o tal mail alega e... se curasse o cancro, já não haveriam cancros no mundo, porque o que há mais à mão é bicarbonato de sódio :D (e esta era só uma das incorrecções desse mail, que alegava que os cancros vinham de aftas q eram provocadas por fungos... ora, os cancros não são provocados por aftas, nem as aftas são provocadas por fungos ;) ).

    Da mesma forma q é usado como anti-ácido para o estômago, tb pode ser usado para combater distúrbios metabólicos que impliquem acidose, incluindo acidose crónica, que ocorre na falha renal crónica e na acidose dos túbulos renais (á falta de melhor termo, não me estão a ocorrer os termos médicos exactos - sou bioquímica, não médica, convém esclarecer ;), porque são coisas diferentes). Também é usado para combater cálculos renais feitos de ácido úrico e a acidose respiratória.

    Convém acrescentar que é um dos componentes da nossa bílis ;)

    Outros usos são nas overdoses de aspirina e antidepressivos: como provoca alcalose, diminui a acidez necessária à absorção destes medicamentos, logo, impede que entrem na circulação.

    Mais, ainda é usado para tratar queimaduras, bolhas, cicatrizes, picadas de insectos! :D ena, ena! muito multi-facetado (só lhe falta mesmo é curar o cancro, mas infelizmente isso não é verdade ;) ).

    No entanto, já dizia Paracelso (o pai da quimica ;), diz-se) que o que faz o veneno é a dose. Assim, um excesso deste composto pode ter efeitos adversos: alcalose metabólica (situação metabólica na qual o pH do sangue está elevado; os efeitos disto, dependem de muitos factores) edemas (acumulação de fluídos nos tecidos), hiperglicémia (concentração elevada de açucar no sangue), hipertensão (como o sal cloreto de sódio...), calcificação e pedras nos rins (pedras calcárias), falha renal... enfim, todos os cuidados que é necessário ter com o cloreto de sódio, o nosso rico sal de cozinha, são tb necessários com este. ;)

    E é bem verdade que há um preconceito contra aquilo que se tem como químico, não existindo a noção de que tudo aquilo que nos rodeia é quimico, fisico, biológico, enfim... :D A propósito desse mesmo tema, há um excelente video com a quimica Paulina Mata, uma das autoras do livro A Cozinha é Um Laboratório (que aconselho vivamente a quem quer entender o lado físico e químico da cozinha): http://www.youtube.com/watch?v=EKoxWlSjq9g


    Espero ter ajudado, foi um cadito à pressa, mas respondi ao desafio da PTC ;)

    ResponderEliminar
  5. Bem Ana... posso dizer-te que parece-me que não me podia sentir mais esclarecida!... Obrigada pela excelente explicação. :)

    E um obrigada também à PTC, que pelos vistos tão bem te desafiou a vir-nos visitar e esclarecer.

    Boa semana para as duas, com q.b. de bicarbonato! eheh.

    ResponderEliminar