sábado, 4 de agosto de 2012

TRINTA DIAS - TRINTA MENUS T2 (6)

PALETA DE CORES


O almoço deste Sábado foi colorido e com muita energia terra para contrariar o estado letárgico de pré-hibernação que venho experimentando. Não foi exactamente um menu de Verão (senti um calor interior após terminar a refeição) mas serviu os propósitos de resolver o déficit energético. Tão bem fiquei que nem quis café nem sobremesa.

Consistiu então o almoço no redon da polenta de kimpira, re-aquecida no grill, acompanhada por bróculos estufados, puré de cenoura, feijão de soja preto e salada (esta não visível na fotografia).
O feijão de soja foi bem temperado com cebola, salsa e coentros muito bem picados, azeite e vinagre de arroz.

Bróculos estufados
Arranjar e lavar bem os bróculos, mergulhando-os em água com vinagre durantes uns minutos. Levar um tacho ao lume e quando estiver aquecido forrar o fundo com um fio de azeite, colocar uns destes de alho, os bróculos e temperar com um pouco de sal grosso. Tapar o tacho e deixar estufar em lume forte durantes uns 10 minutos, baixando então o lume. Deixar estufar mais uns 5 minutos, borrifar com mirin e vinagre de ameixa. Desligar o lume.
Os bróculos ficam crocantes e bastante saborosos sem sabor nem aspecto de vegetal super-cozido sem piada nenhuma.




PURÉ DE CENOURA
Ingredientes
4 cenouras grandes cortadas em rodelas na diagonal
2 cebolas grandes cortadas em quartos
Alguns dentes de alho
Azeite
Sal
Vinagre de ameixa
Raspa de limão
Preparação
Levar um tacho ao lume, juntar um fio de azeite e os dentes de alho esmagados. Quando estes estiverem louros, acrescentar a cebola, temperar com pitada de sal grosso, tapar e deixar estufar em lume forte até a cebola ficar transparente. Nesta altura, acrescentar as cenouras e temperar com mais uma pitada de sal. Tapar e estufar em lume forte cerca de 15 minutos, tendo o cuidade de verificar se os vegetais continuam a largar sucos para não queimar. Baixar então o lume e estufar mais uns minutos, até a cenoura ficar tenra. Passar na picadora (no caso vertente, foi mesmo com a varinha mágica) até formar um puré consistente. Juntar um pouco de raspa de limão e temperar com vinagre de ameixa.
Na hora se servir polovilhar com sementes de sésamo.

Borrifei todo o conjunto, excepto a polenta. com sumo de gengibre fresco.



 

Sem comentários:

Enviar um comentário