terça-feira, 16 de julho de 2013

A LESTE DA LUA E A OESTE DO SOL - O VERÃO (15)

DIA 15 DE JULHO
Um dia de comemoração desde 1985. Desta feita em petit comité.
Uma entrada constituída por uma sopa cuja receita é do livro Tudo o que comemos conta, de Eugénia Varatojo, embora com algumas adaptações.
Um empadão de arroz integral, que já fazia falta nestes cardápios. E como o dia é de festa, houve direito a sobremesa, inspirada numa aprendida no workshop do IMP, com o Marco Fonseca.
Sopa de vegetais com lentilhas coral
Ingredientes
1 chávena de chá de lentilhas coral lavadas
1 courgette com casca, bem lavada, cortada em pedaços pequenos
1 cebola cortada
1/4 de couve flor
pitada de sal
fio de azeite, vinagre de ameixa e cubos de limão
Preparação
Colocar a cebola numa panela com uma pitada de sal e deixar aquecer, juntando então os demais vegetais e as lentilhas. Cobrir com água a ferver de deixar cozinhar cerca de 30 minutos.
Triturar com a varinha mágica, borrifar com vinagre de ameixa, rectificar os temperos e servir fria (no caso, foram quatro pedras de gelo que ajudaram a arrefecer a sopa acabada de fazer) com cubos de limão.
Pudim de arroz integral com estufado de vegetais
Ingredientes
Arroz
1 chávena de chá de arroz integral, bem lavado e escorrido, cozido com 3 medidas de água, pitada de sal, e uma tira de alga kombu, durante 45 minutos
Vegetais
1 cebola cortada em meias luas finas
150gr de cogumelos marron, pequenos, inteiros mas sem pé (que se corta em tiras finas)
1/2 pimento vermelho cortado em tiras finas
200 gr de feijão verde cortado longitudinalmente em pequenas tiras com cerca de 2 cm
um pouco de alho francês cortado em tiras finas (parte branca)
2 dentes de alho
pitada de sal, fio de azeite, golpe de vinagre de ameixa, 1 colher de sopa de molho de soja.




 


















Preparação
Aquecer um tacho, forrá-lo com azeite e colocar a cebola em meias luas com uma pitada de sal e o alho picado, acrescentando sucessivamente o pimento, o feijão verde, os cogumelos e, por fim, o alho francês. Estufar os vegetais deixando-os crocantes, um pouco antes de terminar o estufado juntar o molho de soja. Rectificar os temperos e borrifar com vinagre de ameixa.

Finalizar enformando os vegetais encimados pelo arroz que se tempera com sementes de sésamo tostadas. Decorar a gosto.
No meu caso pessoal, a decoração passou por utilizar as pouco felizes cores da nossa bandeira nacional -  verde de pepino prensado e vermelho de melancia, a minha grande amiga destes dias de  canícula...

PEQUENAS TARTES DE CREME DE TOFU COM FRUTOS SILVESTRES
Ingredientes
Base: ½ chávena de flocos de aveia finos, 1 chávena de farinha de espelta, pitada de sal, óleo de sésamo, 1 colher de sobremesa de gengibre em pó, 150gr. de geleia de arroz.
Creme: ¼ kg de tofu; Miso de cevada q.b.; 4 colheres de sopa de geleia de arroz; 1 colher de chá de amido e uma colher de chá de agar agar dissolvidas no mínimo de água fria; opcional: natas de aveia e raspa de limão ou laranja.
Cobertura: Compota de frutos silvestres sem açúcar
Confecção
Base: amassar todos os ingredientes até obter uma massa uniforme e consistente que se possa estender. Formar pequenas bases, picá-las com um garfo e levá-las  ao forno pré-aquecido a 180ºC (baixando para 160ºC quando se iniciar o processo de cozedura) cerca de 8 a 10 minutos. Deixar arrefecer.
Creme: com 12 a 24h de antecedência, cortar o tofu em fatias com um dedo de espessura e barrá-lo com miso de cevada, guardando no frigorífico. No momento de usar, retirar o excesso de miso, juntar a geleia, o amido e o agar-agar (as natas de aveia, se usadas) e triturar com a varinha mágica ou no processador; incorporar as raspas, se essa for a opção. Colocar uma colherada em cima de cada tartelete, levar ao frio. No momento de servir, cobrir com a compota de frutos silvestres.
 
Bon apétit!
 
 


Sem comentários:

Enviar um comentário