domingo, 8 de março de 2015

A LESTE DO SOL E A OESTE DA LUA - A PRIMAVERA (5)

ESPELTA EM MODO DE RISOTO (SERÁ UM ESPELTOTO?!)

A espelta é um cereal da família do trigo com muito menos glúten, o que a torna uma alternativa para quem tem alguma intolerância ao glúten, sobretudo em massas e pães. Quanto às primeiras, compro-as muitas vezes e gosto. O pão tem que ser comprado, a única vez que fiz pão com farinha de espelta o resultado foi um tijolo que partiria um pé se se tivesse dado o caso de lhe cair em cima.

Esta receita foi baseada numa receita de risoto. O resultado final quando se usam cereais integrais é diferente do risoto com arroz arborio – o grão não incha nem fica suave, tem que cozer durante muito mais tempo, e confesso que já cheguei à conclusão que é preferível fazer um risoto de vez em quando com arroz arborio, e que normalmente sai sempre bem, podendo optar-se por não usar nem manteiga nem queijo, mas apenas azeite e miso com amêndoas palitadas torradas para susbtituir o queijo.


 
Ingredientes
1 chávena de chá de espelta, bem lavada e demolhada cerca de dez horas
Água q.b.
Rama da cebola nova cortada em pequenas rodelas
Pés de cogumelos
Pequenos cubos de abóbora
Meia cebola cortada em meias luas
1 golpe de vinagre de arroz (ou um copo de vinho branco seco)
Alho em fatias
Amêndoas palitadas
Miso de cevada
Sal, azeite, pitada de vinagre de ameixa
Cebolinho picado
 
Preparação
Cozer a espelta no triplo da água temperada com sal; opcionalmente pode colocar-se uma tira de alga kombu; à parte, estufar ligeiramente os vegetais com um fio de azeite e sal, começando pela cebola e o alho, acrescentado a os pés de cogumelos e por fim a rama da cebola nova e ós cubos de abóbora. É essencial que o estufado fique seco e os vegetais como que cristalizados.

A espelta coze em aproximadamente cinquenta minutos, nos últimos vinte minutos de cozedura juntar uma colher de sopa de vinagre de arroz e os vegetais, mexendo sempre até terminar a cozedura.

Tostar as amêndoas numa frigideira anti-aderente e picá-las com o miso de cevada num almofariz.

Quando a espelta estiver cozida, verificar o tempero, acrescentar um pouco de vinagre de ameixa – “abre” o sabor - e temperar com uma colherada da pasta de amêndoa com miso. Polvilhar com o cebolinho, que na fotografia esqueceu…



Sem comentários:

Enviar um comentário